A (re)construção do hábito, dia após dia

Todos os dias tomamos decisões que impactam diretamente a formação do "eu" que seremos no amanhã. De outra forma, a mera decisão entre comer um ou outro alimento pode acarretar uma série de outros acontecimentos. Quer ver?
Um hábito mestre pode, conforme nos ensina Charles Duhigg em seu livro "O poder do hábito", desencadear uma série de outros hábitos que poderão somar ou subtrair em sua jornada de desenvolvimento pessoal.
Vamos a um exemplo: se todos os dias você escolher descansar depois de um dia de trabalho ao invés de continuar se aprimorando, pode ser que a oportunidade futura que lhe aguarda não possua fit com o seu "eu" de amanhã, inviabilizando que você assuma o novo desafio.
De outra perspectiva, estar preparada é mais importante do que encontrar a oportunidade de avançar qualquer próximo passo. Isso por que criamos as oportunidades e, por isso, o crescimento intelectual, juntamente com a inteligência emocional e o âmbito da resiliência - que lhe trará sentido e propósito, poderão formatar os próximos patamares que irá galgar, seja na esfera profissional, familiar ou mesmo espiritual.
Empreendedora ou executiva, mantenha-se sempre entre decisões tais como: qual será o próximo livro que vou mergulhar? Qual será o próximo esporte ou local que irei praticar meus exercícios físicos? Mas, nunca, entre: vou escutar meus gatilhos negativos e me enfiar num pote de sorvete ou numa vibe depressiva?
Veja, a questão é a motivação que te leva para a ação. Se você está estressada, pode querer deixar de fomentar um hábito positivo - como alimentação saudável ou exercício ao ar livre, acumulando ações que, no longo prazo, poderão ser maléficas para a sua saúde e, consequentemente, as demais esferas da sua vida.
Deixo, abaixo, um vídeo que sintetiza o aprendizado que passei acima:

Post a comment

0 Comments